A Parada da Música

18 novos artistas em todo o planeta by GRV

OSCILATIONS, DE MÁRIO SALIMON, EM TODO O PLANETA

O primeiro semestre de 2018 se foi. Entre as inúmeras novidades, finalmente, disponibilizamos em nossa área de Produção [https://www.grv.art.br/catalogo-artistas/ ] o nosso catálogo de artistas, distribuídos digitalmente apenas neste primeiro semestre, bem como os álbuns e músicas que estão disponíveis em todo o planeta. Lembramos que desde de o início do comércio digital nesse país, a GRV atua intensamente, desde os primóridos, em 2004, junto ao IMúsica até os dias atuais. De lá pra cá, mudaram os modelos, as lojas, os formatos, os relatórios e a comunicação. Mas o princípio e o principal, pelo menos para nós, continuam o mesmo, qual seja: gerar acesso e comércio de forma legal e universal com relatório próprio e transparente. Assim, chegamos a marca de 127 artistas e 2462 músicas disponíveis dos mais diversos gêneros musicais, seja de Brasília ou de outras localidades do país.

Para celebrar a estréia do nosso novo site, destacamos o álbum Oscilations do cantor Mário Salimon. Para quem não o conhece, O cantor, compositor e cineasta brasiliense Mário Salimon, após longo hiato na produção fonográfica, lança um álbum em que organiza e reconstrói composições próprias de tipo instrumental eletrônico. Trata-se de Oscilations, editado pela GRV Discos e disponível mundialmente nas principais plataformas digitais.

Osiclations é o terceiro disco de uma carreira de mais de 30 anos, tendo Salimon passado por 20 bandas na cidade de Brasília, algumas das quais lendárias, como Fama, Oficina Blues, Another Blues Band, Cocina del Diablo e BsB Disco Club. Salimon também tem longa trajetória como especialista em gestão de estratégia e comunicação, além de ter sido premiado, em 2012, como realizador do melhor longa metragem na Mostra Brasília do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, por seu documentário biográfico Parece que Existo.

São nove faixas em que Salimon dá vazão a sua verve experimental, distanciando-se de sua mais conhecida trajetória como cantor de blues, soul e jazz. Ainda que isso pareça uma ruptura, o músico afirma que se trata da vinda à tona de um trabalho paralelo iniciado há décadas e que teve pouca visibilidade por ter sido apresentado publicamente – em parte, é preciso dizer, pois há faixas inéditas na compilação – como trilha sonora de seus documentários, e não em espetáculos musicais.

Assim como no caso da maior parte de seus filmes, Oscilations foi totalmente produzido por Salimon, da composição à finalização, e os dispositivos eletrônicos utilizados foram centrais na viabilização das ideias concebidas. A viagem começa em 1997, quando da compra do primeiro sintetizador de tipo estação de trabalho, um Alesis QS6, com o qual o artista desenvolveu as primeiras atividades de programação. Passa com força, nos cinco anos seguintes, pelo Ensoniq MR76 –  este também a base de produção do disco solo “33”, lançado em 1999 – e termina com o uso dos gravadores de mão Zoom e os sintetizadores virtuais da Apple e da empresa alemã U-He. Também teve protagonismo relevante o pequeno, mas impactante, Micro Korg Vocoder, produto que traz para o mundo analógico a pegada rústica e menos previsível dos primeiros sintetizadores e sequenciadores analógicos.

Informações:  www.mariosalimon.com

Musicalmente, Gustavo Vasconcellos

2461 Músicas distribuídas
461 Obras Sob Administração
4089 Shows Realizados
130 Projetos Executados
11 Projetos Captados
76 Projetos Elaborados