Notícias



Roguesi lança o Ep Leve e Solto

 

EP “Leve e Solto” by Roguesi

SPOTIFYDEEZERGOOGLE PLAYQOBUZ |TIDALITUNES |

 

Sobre Roguesi

Foi olhando os outros tocarem, desde os nove anos de idade, que o cantor, compositor e músico, autodidata, Roguesi tomou gosto pela música e pelo violão. Nascido em Belém-Pa, morou 30 anos no Rio de Janeiro onde, na adolescência, com a Banda “Ruminantes”, descobriu seu dom artístico. A trajetória musical de Roguesi começou em 1989 e a música foi tomando forma em sua vida. Em 2000, de volta a Belém, começou a cantar profissionalmente nas noites paraenses, criando a Banda “Tarja Preta” que depois da troca de alguns integrantes passou a se chamar “Clínica Geral” e o resultado deste trabalho diferenciado foi a conquista de uma legião de admiradores fiéis e cativos nos bares por onde se apresentava.

Em 2009, assumiu a carreira solo, e o nome Roguesi passou a ser sua identidade, surgindo um repertório bom para se ouvir com atenção, curtindo os arranjos moderníssimos, as levadas, os sons… É o trabalho que o cantor leva agora, aos palcos dos bares da cidade. Um passeio com propriedade por diversas áreas musicais, com uma sonoridade puramente acústica, o trabalho traz tradição e modernidade em arranjos enxutos e repertório eclético que brinca com as grandes e boas possibilidades da vasta MPB. Por conta da qualidade de seu trabalho, Roguesi foi convidado a fazer seu registro vocal nos cd’s “Chora Açaí”, “Dois em Um” e “Tá na Cara do Brasil”, de artistas paraenses. Foi do encontro com a produtora cultural Silvia Hundertmark, em 2009, que surgiu o convite para participar do show “Sempre Cartola” onde se apresentou ao lado da cantora paraense Lucinnha Bastos e do sambista carioca Marquinho Sathan, foi o reconhecimento do amadurecimento profissional, marcando definitivamente sua posição no cenário artístico paraense.

Em 2010, participou do show ‘Na Veia da Nêga’ da cantora Gigi Furtado, realizado no Teatro Maria Sylvia Nunes. Desse encontro surgiu o show ‘Samblack’ numa parceria em que Roguesi e Gigi Furtado dividiram o mesmo palco do Teatro Margarida Sachivasappa com muita black music. Ainda em 2010 Roguesi realizou o show “Tudo é Tudo e Nada é Nada” em comemoração a data de aniversário de Tim Maia que aconteceu no Memorial dos Povos. Em 2011 Roguesi percorreu alguns municípios do Estado, mostrando seu trabalho com um repertório dançante e suingado. Toda essa exposição rendeu a Roguesi convite para se apresentar em diversos eventos assim como bares, que fazem parte do circuito cultural noturno da cidade o que populariza cada vez mais sua imagem e seu som. O trabalho de alta qualidade proporcionou ao artista vislumbrar um novo horizonte… Roguesi dedicou o ano de 2011 ao amadurecimento de seu trabalho solo. Em Junho entrou em estúdio para gravar seu primeiro CD intitulado “LEVE E SOLTO”, patrocinado pelo Banco da Amazônia com apoio da Fundação Tancredo Neves, colocando em prática o desejo de fazer sua música autoral, desprendida do compromisso com tendências ou modismos.

Em breve?
Trio Lobita, Alex Ribeiro e muito mais.

Que venham os novos ventos.

Musicalmente,

Como entrar em contato conosco?

Resposta: grv@grv.art.br | 55 61 982090055

2461 Músicas distribuídas
461 Obras Sob Administração
4089 Shows Realizados
130 Projetos Executados
11 Projetos Captados
76 Projetos Elaborados