Notícias



Centropia 3 já está em todo o planeta

Centropia  –  EP Centropia 3

SPOTIFY | GOOGLE PLAY | DEEZER | ITUNES

Sobre o EP Centropia 3?

“Em 2020, a banda brasiliense Centropia lança o terceiro trabalho, “Centropia 3”, em etapas. O primeiro webclipe, da música “Mar Grosso”,  saiu sexta-feira (13/3) no canal oficial youtube.com/channel/UCOtbElbKAaGGaq5a9ZM65IQ.

E na próxima semana, essa e outras duas faixas novas (“Sertanejana” e “Desencanto”) estarão disponíveis para audição em todas as plataformas do quarteto formado por Lauro Aires (voz e violão) Marcelo Lima (bandolim, guitarra, violão e voz), Fernando Rodrigues (baixo, viola, percussão e voz) e Renato Glória (bateria e percussão).

“Mar Grosso” foi composta por Lauro Aires em julho passado na cidade de Parati (RJ) durante a maior ressaca ocorrida na região nos últimos anos, causando a morte de um pescador local. “Fiquei bem sensibilizado com a história, mais ainda por ser muito ligado a barcos e a coisas do mar”, conta o artista.

Serão quatro faixas a cada lançamento que vão se tornar um álbum ao longo de um ano de trabalho. As primeiras músicas foram gravadas no estúdio ZeroNeutro, da banda Natiruts. Lauro Aires assina todas as composições, sendo uma em parceria com Luís Maurício, fundador e integrante do famoso grupo brasiliense de reggae. Essa parceria, “Briga”, será lançada no final do mês. “Lançar o trabalho aos poucos tem algumas vantagens. Dá tempo pras pessoas digerirem o trabalho, e dá tempo pra banda interagir com os fãs e trazê-los pra dentro do processo artístico, principalmente com as redes sociais”, conta Lauro. “A faixa Briga já está sendo preparada a partir da contribuição de amigos que acompanham a banda”.

Será a primeira vez que o Centropia focará o trabalho totalmente para o ambiente digital, sem discos físicos. As sessões de gravação no ZeroNeutro vão render videoclipes e pequenos documentários do dia a dia da banda no estúdio. “Centropia 3 é um disco que volta os olhos mais para dentro do Brasil”, conta Lauro Aires. “Acho que talvez o novo trabalho dialogue mais com o primeiro disco – que considero um rock com temperos de ritmos brasileiros, como o baião, por exemplo. ‘Centropia II’ era mais pesado, mais na linha de rocks e baladas. De qualquer modo é um trabalho que se completa. Os três discos mostram uma unidade e são um bom retrato da evolução da banda”, completa o cantor e compositor.

Sobre a banda Centropia?

Centropia nasceu em 2014 do reencontro, 20 anos depois, de dois antigos parceiros musicais, Lauro Aires e Marcelo Lima. Navegando entre o rock´n roll, o baião e o reggae, a banda é uma utopia do centro do Brasil.

Uma entropia brasiliense integrada numa visão contemporânea da MPB. Basicamente um som de Brasília, onde as pessoas da geração de Lauro e Marcelo cresceram influenciadas pela cena internacional das embaixadas estrangeiras, pelo sotaque nordestino das feiras, pela culinária mineira, pelos ritmos de Bob Marley e, sobretudo, pelos acordes roqueiros. A formação da banda engloba um pouco dessa diversidade. Lauro Aires começou na música nos anos 1990 como intérprete e instrumentista. Participou de projetos com Marcelo Lima e Bruno Dourado em trabalhos de rock e MPB e também faz parte do grupo de compositores e cantores do bloco Galo Cego. Marcelo Lima vem do celebrado grupo instrumental Marambaia. Fernando Rodrigues é também integrante do grupo Pé de Cerrado. Renato Glória tem diversos trabalhos em estúdio e em shows, integrando recentemente o time da cantora Indiana Nomma.

O disco de estreia, “Centropia”, lançado em 2015, contou com as participações do guitarrista Kiko Peres e do baixista Luís Maurício (ambos do Natiruts), do percussionista Bruno Dourado (ex-Natiruts e Innatura), do tecladista Felipe Viegas (produtor de Ellen Oléria) e dos arranjos de metais de Westonny Rodrigues (Funqqestra). O álbum foi citado entre os melhores do ano por veículos especializados. Em 2018 foi a vez do segundo trabalho, “Centropia II”, mais “roqueiro”, que levou o quarteto a se apresentar em várias cidades brasileiras e em festivais importantes como o “Porão do Rock” (no mesmo ano), além de shows pela Alemanha, França e Portugal.

Onde encontro Centropia?

Facebook: www.facebook.com/centropiabsb

Instagram: www.instagram.com/centropiabsb

Youtube: www.youtube.com/channel/UCOtbElbKAaGGaq5a9ZM65IQ

Deezer: www.deezer.com/br/artist/79268532

Spotify: open.spotify.com/artist/2OLKH5MxxxDdInvRM4zhYG

Lançamento GRV Música, Media & Entretenimento | 20 anos a 2020volts

2461 Músicas distribuídas
461 Obras Sob Administração
4089 Shows Realizados
130 Projetos Executados
11 Projetos Captados
76 Projetos Elaborados